Franquia formatada evita prejuízos

By in
533
Franquia formatada evita prejuízos

Quando uma pessoa investe numa franquia é porque acredita que não vai correr o risco de perder dinheiro, como acontece, quase sempre, quando se abre um negócio tradicional.

Um dos pontos que leva o investidor a adquirir uma franquia é o fato de estar entrando num negócio de êxito comprovado, onde o risco de insucesso é bem menor que num negócio tradicional.

Caso a franquia em questão não apresente os componentes básicos de uma boa formatação, ou seja, quando o negócio original foi preparado adequadamente para se tornar uma franquia, o investidor pode acabar amargando prejuízo financeiro.

Um dos primeiros passos que o investidor deve tomar ao escolher uma franquia é relacionado à marca, que normalmente é de propriedade do franqueador e deve estar devidamente registrada. Em seguida, é importante observar se o sistema operacional foi detalhada o suficiente para que padrões de controle e especificação de processos, produtos e métodos estejam estabelecidos.

Treinamento constante – Outro fator que deve ser levado em consideração pelo franqueado diz respeito ao suporte que seu franqueador oferece desde treinamento inicial e constante após a implantação da franquia, até assistência permanente em propaganda, compras, marketing e demais aspectos operacionais. Este suporte é a base de um relacionamento duradouro e saudável.

Além disso, uma relação financeira continua mostra-se essencial para o sucesso da parceria franqueado-franqueador. Esta relação começa com o pagamento da taxa de franquia e, posteriormente, com o pagamento de royalties geralmente baseados em porcentagem das vendas brutas do franqueado.

Outro cuidado que o investidor deve tomar ao adquirir sua franquia é quanto a empresas que costumam apenas licenciar o direito de uso de determinado produto, marca ou serviço exclusivo – em vez de um negócio formatado – podendo ou não prestar assistência inicial para a implantação da licença. É muito comum estas empresas saírem por aí chamando este procedimento de franquia.

É preciso salientar que um negócio bem formatado de franquia deve sempre conter pré-requisitos que garantam o bom andamento da implantação e manutenção do negócio, bem com expectativas coerentes de lucratividade.

Só assim o investidor poderá evitar resultados inesperados como perda de tempo e dinheiro.

Entre estes requisitos estão a licença de uso, para a marca, produto ou serviço do negócio original: um programa de treinamento para os franqueados; manuais operacionais relativos ao negócio e à franquia; normas e procedimentos de processos e sistemas, especificações de produtos e serviços, controle de qualidade, sistema contínuo de divulgação, da marca e das unidades de franqueadas; e por último, mas não menos importante, assistência e suporte permanente aos franqueados.

Artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo no caderno Painel de Negócios

54321
(1 vote. Average 5 of 5)